Sobre os 13 porquês

 

bghh.png

Nossa amei essa serie, tava vendo o mundo inteiro falar dela, no começo achei até que era de modinha, mas como fiquei sabendo depois que se tratava de bullying e suicídio achei interessante e resolvi ver. Eu gosto de temas pesados assim. Me identifiquei muito com a Hannah Becker (umas das protagonistas da serie), muito mesmo, sofria bullying quando era mais nova na escola e até em alguns lugares que eu trabalhei, serio mesmo gente.

Eu já tinha ouvido fala nessa historia antes, em um vlog da Isabela Freitas (a loirinha famosa do não se apega não), no vídeo ela explicou a historia da menina que cometeu suicídio porque era considerada a menina que tinha a bunda mais bonita da escola, e eu reagi igual a Isa no vídeo, “nossa ela se matou por causa disso?” Só que depois quando você vai a fundo em toda a historia você percebe que a menina não sabia lidar com a mente dela, diante dos problemas que aconteciam, foi o que vi. Conheço muita gente assim, as vezes os problemas podem ser resolvidos em uma conversa com quem os causou, ou desabafar com a família, ou até mesmo procurar ajuda com psicologo, já fui assim, hoje dependendo da situação que eu não sei lidar, eu paro tento entender o que esta acontecendo e tento resolver, nem sempre a gente acerta, mas é sempre bom procurar resolver ou principalmente buscar ajuda.

Acho que o que faltou na Hannah foi procurar ajuda com um psicologo ou desabafar com os pais, no meu ponto de vista os pais que a Hannah tinha na serie eram pais maravilhosos e pessoas super do bem, tanto que em um episodio o pai dela arrumou um super carrão pra ela chegar e arrasar na balada. Acredito que ela poderia desabafar com os pais que ela sofreu abuso e viu umas das amigas sofrer também, o que é mais complicado. Acredito que é isso que acontece com muita gente que sofre bullying, ou que sofreu acontecimentos mais graves como abuso sexual ou outras coisas, a pessoa fica sofrendo sozinho com aquilo na mente, fica calado, não desabafa com as pessoas mais próximas, entendo que é super difícil explicar certas coisas, mas se a pessoa não procurar um meio de tentar se abrir fica difícil de receber ajuda com aquilo que incomoda mentalmente, tem pessoas também que não querem preocupar os pais ou outras pessoas com seus problemas, todos nós temos problemas internos, é necessário o desabafo e por pra fora, não guardar pra si, porque guardando adoece o corpo e a alma.

É interessante também procurar outras coisas boas que aconteceram no decorrer da vida, eles acontecem pra todo mundo também, relembrar os bons momentos da pra ver que a vida apesar dos problemas vale a pena sim ser vivida e que o suicídio nunca jamais sera a melhor saída.

13_Reasons_Why_logo.png

 

 

Por Stefanie Santos

 

Autor: Stefanie

Paulista, 29 anos e criadora e desse espaço. Resolvi expressar em textos o mundo e as viagens da minha cabeça, não sei até aonde vai, mas torço pra que vá longe. Amo teatro e todo tipo de arte, ouvir musica alta, assistir series, pensar na vida, conhecer gente nova, dançar, rir com os amigos, ver o por e o nascer do sol, ficar de frente pro mar e conhecer o mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s